Vendas de veículos em maio recuam sobre abril

As vendas de veículos em maio somaram 316,2 mil unidades, entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, marcando o terceiro melhor mês do ano em vendas até agora, atrás apenas de abril, com 333,7 mil unidades, e janeiro, quando foram vendidas 311,4 mil veículos. Segundo resultados do mercado divulgados na segunda-feira, 3, pela Federação Nacional das Distribuidoras de Veículos, a Fenabrave, o volume de maio foi 5,2% menor que o de abril, que foi o melhor mês da história em vendas no Brasil. Sobre maio do ano passado, houve incremento de 10%, lembrando que a base de comparação é baixa e que em maio do ano passado ainda não havia incentivo do IPI menor para automóveis, que entrou em vigor apenas nos últimos dias daquele mês.

Com um dia útil a menos com relação a abril, 21 contra 22 dias, a média diária de vendas em maio ficou relativamente estável se comparada com o mês imediatamente anterior, algo como 15 mil unidades por dia útil.

Em todos os segmentos houve recuo das vendas na comparação de maio com abril. Nos automóveis, a queda foi de 5,61%, para 232 mil unidades, contra as 245,8 mil emplacadas em abril. Com recuo de 3,21%, as vendas de comerciais leves ficaram em 68,5 mil unidades. Caminhões registraram retração de 9,52% em maio contra abril, para 12,7 mil unidades, enquanto ônibus decresceram 3,2%, para pouco mais de 2,8 mil unidades.

Em nota, o presidente da Fenabrave, Flávio Meneghetti, explica: “O mercado está estável, e essa queda nos emplacamentos no mês de maio pode ser atribuída ao menor número de dias úteis com relação a abril. Isso sem contar que tivemos dois feriados no mês, o que também influencia, negativamente, os dias de venda nas pontes dos feriados”.

No acumulado de cinco meses, o mercado interno consumiu 1,48 milhão de veículos, considerando os segmentos leve e pesados, volume 8,5% acima do registrado em igual período do ano passado, quando foram licenciados 1,36 milhão de unidades. Entre janeiro e maio, as vendas de automóveis e comerciais leves acumulam alta de 8,7% sobre iguais meses de 2012, para 1,29 milhão de unidades.

No mesmo período, foram emplacados 61,2 mil caminhões, avanço de 4,1% sobre janeiro-maio do ano passado, e 14,1 mil chassis de ônibus, alta de 8,9% na mesma base de comparação.

A Fenabrave não reavaliou as projeções para o ano, o que deve ser feito no início de julho, quando divulgará os resultados do primeiro semestre. Em suas projeções atuais, a entidade prevê crescimento de 3,1% nas vendas de veículos este ano, para 3,92 milhões de unidades.

Fonte: Automotive Business

Voltar | Imprimir

ONDE ESTAMOS


© Copyright 2013 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Datastream Sistemas